Estou de volta com um romance bem-humorado e algumas doses de sensualidade. É um livro divertido, fácil e bem gostoso de ler. Ficou curioso ? Então vem comigo para saber mais ainda sobre o livro.

Na dica de leitura de hoje vocês vão verificar:

  • A história;
  • Os personagens;
  • Sobre a autora;
  • A opinião do colunista sobre a obra e
  • A comparação dos preços nas principais lojas de venda.

Subindo Pelas Paredes de Alice Clayton foi publicado pela editora Benvirá e traduzido por Paulo Nogueira. O livro conta de uma forma cômica o que uma pessoa frustrada sexualmente passa ao ter como vizinho um deus do sexo. E ainda ensina que não há nada ruim que não possa piorar.

O livro é narrado pela personagem principal Caroline Reynolds. Jovem com a vida feita, tem um gato companheiro chamado Clive, uma carreira promissora como designer de interiores, uma chefe para lá de animada, amigas unidas, sabe fazer um pão de abobrinha delicioso, uma torta de maça dos deuses e um apartamento fantástico em San Francisco. Parece uma vida dos sonhos, mas lhe falta algo do qual ela queria muito ter e não consegue: O Orgasmo, ou “O” como ela costuma dizer.

Sua primeira noite na casa nova não foi tão animadora, ela acordou no meio da noite de uma forma nada convencional, com um quadro despencando da parede direto na sua cabeça sentiu a parede tremer e então o inesperado aconteceu, ruídos como gemidos, tapas, batidas e até algo parecido com…. miados. E para seu desespero, o show começou a se repetir todas as noites.

 
“Nessa noite, antes de dormir, jurei que esmurraria a parede se ouvisse mais um pio. Ou gemido. Ou tapa.
Bem-vinda ao bairro, Caroline. ”

 

Título: Subindo Pelas Paredes

Autor (a): Alice Clayton

Editora: Benvirá

Páginas: 276

Classificação: 14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n

Adquira o seu: Saraiva

 

Tentando administrar uma longa fase de abstinência sexual e o inevitável convívio com barulheira no apartamento ao lado, Caroline entra em uma “brincadeira” particular e sempre que está perto de reencontrar seu tão querido orgasmo seu vizinho barulhento tira sua concentração a deixando frustrada. Cansada de não dormir direito e frustrada pela falta de seus orgasmos ela resolve bater na porta de seu vizinho para pedir por silêncio e tranquilidade, mas assim que ele abre a porta, Caroline perde seus sentidos com a imagem a sua frente, um corpo escultural que fora envolvido às pressas por um lençol que deveria cobrir o mínimo… ou nem isso.

 
“Arquejei sem querer quando meus olhos chegaram mais baixo do que eu pretendia. Eles eram arrastados como que por um imã: mais e mais para baixo. Para baixo do lençol… Ele. Ainda. Estava. Duro. ”

 

A discussão com o vizinho não resolveu o problema, mas fez surgir uma tensão entre eles que ficou mais forte a cada dia. A animação do apartamento ao lado lhe faz abominar seu vizinho, mal sabendo que ele pode ser o único capaz de trazer de volta seus preciosos orgasmos.

Subindo Pelas Paredes é uma comédia romântica sem igual. Tem uma dose espetacular de sensualidade e erotismo que acaba deixando tudo ainda mais cômico. Esse livro melhora seu dia de uma forma estonteante, trazendo muitas gargalhadas. São 276 páginas de pura loucura, brigas com aquele humor agradável e tensões que vão te levar a loucura. Se você gosta de algo que melhore seu humor e ainda lhe faça suspirar, não vai perder se caso resolver ler esse livro maravilhoso.

Alice Clayton, autora best-seller do Usa today trabalhou anos de maquiadora e esteticista. Aos 33 anos ela resolveu abrir seu laptop e dar início a sua nova carreira: escritora. Ela encontra na escrita a mesma animação que tinha ainda pequena antes de abandonar as aulas de teatro. Com seus primeiros romances ela foi indicada para o prêmio Author Good Reads em 2010, mas foi depois de Subindo Pelas Paredes que seu trabalho ficou mundialmente conhecido. Alice mora no estado de Missouri nos Estados Unidos, gosta de picles, Bloody Mary, oito horas de sono bem dormidas e claro, uma boa transa.

Seus livros traduzidos aqui no Brasil:

  • Subindo Pelas Paredes – 2014
  • Arranhando as Paredes – 2016
  • A Ruiva Misteriosa – 2014
  • A Ruiva Revelada – 2014
  • A Ruiva Popstar – 2014

Essa foi minha dica de leitura de hoje, espero muito que tenham gostado. Deixem aí nos comentários o que vocês acharam do livro, curtam e compartilhe com os amigos.

Joyce Oliveira


Joyce Oliveira, 20 anos, estudante, gosta de escrever nas horas vagas. Adora passeios ao ar livre, é caseira, gosta de crianças e AMA ler.

Deixe seu comentário