Em 2005 os colegas de trabalho Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim criaram uma das maiores plataformas de vídeo dos últimos anos, o YouTube, a empresa começou devagar e no início não deu retorno financeiro, logo foi vendida para a Google e aos poucos foi mudando nosso jeito de buscar conteúdo dentro do audiovisual, hoje a plataforma contém mais de 9 bilhões de vídeos, ou seja, tem conteúdo para agradar a todos os gostos e também a nossa comunidade de leitores! Vamos conversar um pouco mais sobre isso.

Antes mesmo dos canais literários já existiam os blogs, cujo o objetivo era e ainda é compartilhar leituras, conquistar leitores com o gosto parecido ou igual ao dos blogueiros e atrair novas pessoas a esse mundo dos livros, além de ser uma maneira diferente de interagir e de alcançar mais leitores que se interessam pelo mesmo livro. Com a chegada do YouTube alguns criadores de conteúdos acrescentaram os vídeos em seus posts e outros passaram a trabalhar apenas com o audiovisual, de um jeito ou de outro a interação com esse público só aumentou.

Ok Letícia e o que isso acrescenta na sociedade?

Segundo as últimas pesquisas realizadas aqui no Brasil e divulgadas pelo jornal Estadão, a comunidade de leitores vem aumentando, devagar, mas está crescendo (melhor do que ficar parada ou diminuir não é mesmo?), assim como os diversos conteúdos que encontramos na internet, os canais e blogs literários nos oferecem inúmeras opções de leituras, desde os mitológicos até os novos best-sellers, porém não quero dizer que o aumento só foi possível apenas com esses novos meios de interação, mas o que fica evidente é que temos uma parcela de contribuição, pois cada vez mais nota-se comentários em blogs e canais, como, por exemplo, ”me arrisquei a ler e gostei”, ”comecei a ler, porque você me inspirou”, ”uma amiga me recomendou o canal e eu decidi dar uma chance aos livros”, quando damos passos em prol da leitura, todos dessa comunidade devem comemorar: ONGs, mídias culturais, escolas que se preocupam com o tema e os críticos literários de formação.

Enfim, estamos presentes em sua tela de celular, tablet ou computador, criando conteúdos voltados as melhores histórias. Estima-se que o Brasil tenha 207 milhões de habitantes, e cerca de 56% dessa população lê livros, ou seja, nós blogueiros ou booktubers temos um grande público a conquistar e nós também leitores, temos muitas opções para seguir, pesquisar e compartilhar! Vamos juntos.

Gostou do texto de hoje? Deixa seu comentário aqui comigo vou adorar ler e conheça todos os livros já resenhados pelo Estante LZ.

Letícia RZucco


Letícia Zucco, 21 anos, estudante de Letras - Português/Inglês blogueira e booktuber no Estante LZ. Ama livros e costuma gritar para todos os cantos que a leitura liberta.

2 thoughts on “A importância dos canais e blogs literários”

  1. Só queria dar os parabéns pelo blog, gosto muito, pelo que percebo sua equipe de revisão é ótima. Continuem assim, bjs <3

Deixe seu comentário