O livro que vou indicar hoje conta a história de Caitlin, personagem principal que vai te pegar pelas mãos e levar ao mundo dela, uma criança de 10 anos diagnosticada com Síndrome Asperger (Distúrbio do desenvolvimento que afeta a capacidade do indivíduo de socializar-se e comunicar-se de maneira efetiva.) e mostrar como empatia é pura prática.

 

”Me fale dos seus amigos.
Meu dicionário. Minha TV. Meu computador. ” (Kindle 20%)

 

O mais violento ataque a uma universidade na história dos Estados Unidos (assassinato em massa no Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia, conhecido também como Virginia Tech, deixou 33 pessoas mortas incluindo o atirador e mais de 20 feridas),  Kathryn Erskine quis nos mostrar através da adorável Caitlin que tudo poderia ter sido diferente ou pode ser diferente em episódios como esse que ocorreu em 2007.

Davon tinha apenas 13 anos de idade quando morreu com um tiro no peito num ataque a escola na qual estudava, o atirador era um rapaz jovem. Desde então a vida de Caitlin e de seu pai desmoronou, o fato ficou mais difícil ainda para a garota, pois o irmão era seu melhor amigo e protetor. É difícil o entendimento dos fatos devido a sua doença que dificulta a captação dos sentidos, seu pai não conseguiu ajuda-la muito, porque afundou numa vida de amargura e angústia depois da perda do filho e vivia por viver, sempre acompanhado das lembranças…

Caitlin depois de um tempo volta à escola e agora junto a psicóloga escolar Sra. Brook que tenta a cada dia fazer com que a menina se enturme e crie empatia pelos outros, a garota sabe que tem que fazer isso, porém tudo fica mais difícil ainda para ela agora que está sem seu irmão, mas ela tenta mesmo sofrendo bulliyng por alguns colegas, Caitlin tem várias qualidades e uma delas é desenhar, é assim através dos seus desenhos, dos seus próprios pensamentos e teorias que ela procura um desfecho para entender realmente o que está acontecendo a sua volta e captar o verdadeiro sentido de todos os fatos.

Dois personagens secundários tiveram papel essencial na trama, Michael, um garoto de sete anos perdeu a mãe também no ataque a escola de Davon, se torna o primeiro amigo de Caitlin e divide a angústia de não ter a pessoa amada ao lado, a Sra. Brook nunca desiste de entender melhor o mundo de Caitlin e isso deixa garota um tanto segura.

Apesar de ter sentido um pouco a falta do desenvolvimento sobre o perfil do atirador, pois na nota da autora ela enfatiza bastante a solidão do atirador real de Virginia Tech, Passarinha é um livro especial, do qual trata de um dos temas que mais falta falar atualmente e agir também, a empatia. Do gênero infanto juvenil o livro faz um jogo de palavras, sentimentos e acontecimentos que aos poucos vão se encaixando, bem que a nota da tradutora Heloísa Leal já diz para iniciarmos a leitura com bastante atenção.

Um livro leve e simples para se ler quando estiver com a sua sensibilidade no auge ou se gostar muito do gênero. Caitlin é uma personagem muito amável e não é qualquer um que vai conseguir acompanhar sua trajetória, ela tem um jeito especial de mostrar como é o dia a dia de uma criança que tem um dos tipos de autismo e passa por um momento delicado. Foi uma grande perda. 

Kathryn Erskine é escritora americana de livros voltados para literatura infantil e jovem adulto. Já ganhou o prêmio de livro nacional de literatura para jovens e realiza um grande trabalho propagando informações sobre o autismo e a Síndrome de Aperger é só clicar aqui para conhecer mais de perto!

CURIOSIDADES

  • O livro faz uma grande referência ao clássico O sol é para todos da autora Harper Lee, entende-se o título do livro  por essas citações, já que Davon apelidou a irmã de Scout por acha-la muito parecida com a personagem do filme que aliás é o preferido dos irmãos.

Espero que tenham gostado da dica de hoje!

Título: Passarinha
Autor(a): Kathryn Erskine
Editora: Valentina
Páginas: 224

Classificação: 

14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n

 

 

Adquira o seu: Saraiva

Letícia RZucco


Letícia Zucco, 21 anos, estudante de Letras - Português/Inglês blogueira e booktuber no Estante LZ. Ama livros e costuma gritar para todos os cantos que a leitura liberta.

Deixe seu comentário