”Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

 

”Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos.”

 

”A gente só conhece bem as coisas que cativou – disse a raposa.”

 

Por essas frases tão famosas vocês já devem ter percebido qual é o livro da vez né? Sim é ele o amor da maioria. O pequeno príncipe! 

*Eu dedico esse texto a uma criança que conheceu meu canal recentemente e na época ela estava prestes a realizar uma prova sobre esse livro, comentei que eu já havia escrito sobre ele no meu antigo blog e acabei perdendo o texto com a mudança. Me deram a ideia de escrever esse post especialmente para ela que agora acompanha meu canal, então Manuela de Souza Junqueira esse texto é especialmente para você! 😉 

textos-estantelz

Nessas poucas páginas está a história de um piloto que foi obrigado a forçar um pouso do deserto do Saara devido aos panes no sistema do avião. O piloto é um narrador-personagem e logo na sua primeira noite solitária se depara com um menino curioso e de cachos louros que logo começa a puxar assunto.

Percebendo o entusiasmo e ingenuidade do garoto, o piloto começa a se interessar pelas histórias que o menino tinha a contar e quis conhece-lo um pouco mais. Enquanto ele consertava seu avião ia ouvindo os contos do pequeno e assim começaram a trocar aprendizados e experiências.

O garoto contou sobre a rosa espinhosa que ele guardava em seu planeta e começou a contar também que viajou por vários outros planetas e em cada um conheceu um tipo de pessoa. Começando pelo autoritário Rei, cujo só ficava aguardando aparecer mais um súdito para ele dar ordens e se sentir poderoso. Em seguida o pequeno menino encontrou um vaidoso, um bêbado, um homem de negócios, um geógrafo e um acendedor de lamparinas cada um em seu planeta completamente cegos pelos seus afazeres e vícios. Durante todo esse percurso o menino foi despertando um certo interesse a mais pelo planeta Terra, pois ele era bonito e maior do que os outros, na Terra ele encontrou uma cobra, uma raposa e enfim nosso piloto que já estava no limite de sua sobrevivência naquele deserto, sua água duraria mais oito dias, ele precisava ir embora.

 

7c0b4170-50ef-4fee-abc9-3bd8a5138fbdTítulo:  O Pequeno Príncipe
Autor(a): Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Geração Editorial
Páginas: 160

Classificação: 

14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n

 

 

Onde comprar: Submarino

 

Um dos livros mais lidos no mundo, ficando atrás apenas da Bíblia é uma obra prima de Antoine de Saint-Exupéry lançado originalmente em 1943, não para de conquistar público e novas edições. Repleto de metáforas, imagens, cores etc. o livro mostra as fraquezas do ser humano e reforça como realmente o que é essencial é invisível aos olhos visto que foi escrito no ápice da Segunda Guerra Mundial.

O público alvo são as crianças, mas muito adulto tem a obra como livro de cabeceira (eu sou um exemplo disso). Por ter sido escrito para crianças a linguagem é muito fácil! Indico para todos, juro que em algum momento da sua vida esse livro vai servir. Então leia e releia sempre que achar necessário. 

Antoine Jean-Baptiste Marie Roger Foscolombe, mais conhecido como Antoine de Saint Exupéry foi um escritor, ilustrador e piloto francês.

textos-estantelz

CURIOSIDADES:

  • Antoine de Saint Exupéry, assim como o narrador de O pequeno príncipe foi Piloto de avião e prestou serviço para França (seu país de origem) no início da Segunda Guerra Mundial;
  • ”Zeperri” foi como ficou conhecido aqui no Brasil quando fez alguns pousos por aqui entre 1928/1930;
  • Por incrível que pareça Antoine já foi obrigado a fazer um pouso forçado no deserto do Saara, ele estava junto com seu copiloto André Prévot, ficaram por lá durante três dias e sobreviveram por um milagre, no quarto dia foram encontrados por um integrante de grupos árabes que habitavam o deserto, eles receberam os devidos tratamentos e foram salvos;
  • As aquarelas do livro são originalmente feitas pelo autor;
  • Foi considerando o melhor livro do século XX na França;
  • O livro foi escrito enquanto o autor estava exilado nos EUA;
  • A rosa do pequeno príncipe é inspirada na esposa do autor Consuelo de Saint-Exupéry;
  • A aparência do pequeno príncipe faz lembrar a aparência de Antoine quando jovem;

 

Veja todos os livros que já li antes de criar o Estante LZ!

PARTE 1

PARTE 2

 

Letícia RZucco


Letícia Zucco, 21 anos, estudante de Letras - Português/Inglês blogueira e booktuber no Estante LZ. Ama livros e costuma gritar para todos os cantos que a leitura liberta.

2 thoughts on “O pequeno príncipe – Antoine de Saint-Exupéry”

Deixe seu comentário