O protagonista dessa narrativa é o garoto Bruno de apenas 9 anos de idade, menino agitado, feliz e brincalhão, mal sabe ele que  seu pai como um soldado de Hitler estava envolvido em conflitos que compuseram a Segunda Guerra Mundial e que isso mudaria o rumo da sua família para sempre.

Moravam em Berlim numa casa grande, Bruno tinha tudo por perto, seus amigos e lugares preferidos para brincar, mas seu pai recebeu a ordem de se mudar e ele teve que cumprir. Atrás da nova casa localizava-se um campo de concentração, era deserto em volta o que acarretou o tédio do garoto, para sanar a vida vazia Bruno ficava na janela observando o movimento do campo de concentração… Instigado pela curiosidade o garoto começou a visitar o local, logo fez amizade com Shmuel um garoto do outro lado da cerca que usava um pijama listrado, Bruno fazia muitas perguntas ao amigo e a amizade crescia a cada dia. 

 

”Você é meu melhor amigo, Shmuel. disse ele. Meu melhor amigo para vida toda.”

 

floral-309762_1280

 

o-menino-do-pijama-listrado-1418821591-184x273

Título: O menino do pijama listrado
Autor(a): John Boyne
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 186

Classificação: 

14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n14080987_1190501167678685_1623272702_n

 

Onde comprar: Saraiva / Livraria cultura / Americanas / Submarino

 

Veja todos os livros que já li antes de criar o Estante LZ!

PARTE 1

PARTE 2

Letícia RZucco


Letícia Zucco, 21 anos, estudante de Letras - Português/Inglês blogueira e booktuber no Estante LZ. Ama livros e costuma gritar para todos os cantos que a leitura liberta.

2 thoughts on “O menino do pijama listrado – John Boyne”

  1. Eu amo esse livro e esse autor. Uma escrita bem leve, que faz a gente pensar e refletir sobre muitas coisas. Vou confessar que chorei com esse livro e quis adotar o Bruno e o Shmuel. Excelente história

    1. Clayton! Que bom que gostou da história, faz parte da vida de leitor chorar e se envolver muito quando a narrativa é apaixonante. Abraços. Ótimo final de semana.

Deixe seu comentário