Desde que a tecnologia começou a fazer parte de umas das maneiras de se ler livros, muita gente deu como ameaçado a compra ou procura pelos livros físicos, mas será que a galera está realmente largando nosso velho e cheiroso amigo? 

Os e-readers são dispositivos para leitura. Foram lançados em diversos formatos, preços e gostos para quem gosta de usar esse tipo de tecnologia para ler livros, como todo produto, ele tem suas vantagens e desvantagens, e é nesse ponto que entra questões como por exemplo, eles vieram substituir os livros físicos? Não são iguais aos tablets ou qualquer outro aplicativo específico para ler?

Falando ou escrevendo sobre TABLETS X E-READERS, não são iguais, pois os e-readers foram lançados para competir diretamente com os livros físicos e existem algumas (fundamentais) diferenças entres eles.

Vejamos: O tablet é um produto voltado para quem quer um computador portátil, com inúmeras funções, já o           e-reader é especialmente para leitura, com uma tela mais agradável, duração mais estendida da bateria (muito mais, pelo menos o Kindle da Amazon que comprei no Black Friday  do ano passado hahaha, tem fácil manuseio e um peso mais leve.

OBS: O Kindle permite que você faça algumas funções que um tablet, porém com algumas dificuldades.

Em relação aos livros físicos, não foi bem como eu imaginei que seria, pois pensei em uma febre pelos livros digitais etc. (talvez um pouco de exagero meu), mas percebi que as coisas não funcionam bem assim, para que algo substitua outro, tem que haver uma forte queda de pessoas desinteressadas no objeto que está ficando fora de moda e isso ainda não acontece com os livros físicos  (e torço para que nunca aconteça), lendo matérias recentes do mercado editorial, os e-books ainda são minoria quando se trata do faturamento geral de uma editora, menos do que muitos imaginavam, isso falando aqui no Brasil. Acompanhando leitores e muitos outros blogs vejo que as preferências pelos livros físicos são pelas suas vantagens bem particulares, como por exemplo, ter como tirar fotos bacanas, emprestar, fazer sorteios, cheirar, abraçar, beijar… Ok parei. 

Eu comprei o Kindle da Amazon para ler o e-book antes de comprar o livro físico, se eu gostar compro e coloco o livro na minha coleção, se eu não gostar vou ter o livro guardado na minha estante virtual para algum dia talvez dar outra chance a ele. Vou colocar aqui o que acho vantajoso no Kindle e nos livros físicos, mas sempre lembrando que cada forma de leitura tem seus benefícios e malefícios, cabe a cada um investir e procurar aquilo que mais agrada aos olhos.

Os livros físicos  leaves-1076307_1280

  • Podemos tocar, cheirar e sentir as folhas;
  • Emprestar;
  • Realizar sorteios;
  • Tirar fotos diferentes;
  • Enfeitar e criar uma estante colorida de livros;
  • Colecionar capas diferentes do mesmo livro, enjoar e depois dar a alguém de presente!

 

O e-readerkindle

 

  • Podemos ter muitos livros em pouco espaço;
  • Compartilhar nas redes sociais frases no momento da leitura;
  • Marcar frases ou passagens dos livros e guardar;
  • Levar a qualquer lugar, sem se preocupar com o peso, o amassar, estragar etc.
  • O preço muitas vezes são mais em conta;
  • Mais facilidade de encontrar livros.

Eu uso o que no dia será mais propício para mim. E você tem preferência ou usa os dois assim como eu? Compartilha sua opinião aqui comigo.

Se percebeu que o e-book tem suas vantagens escolha o melhor e-reader para você.

*Se faltou alguma vantagem de ambos os objetos citados, coloca aqui para acrescentar também. 

Letícia RZucco


Letícia Zucco, 21 anos, estudante de Letras - Português/Inglês blogueira e booktuber no Estante LZ. Ama livros e costuma gritar para todos os cantos que a leitura liberta.

2 thoughts on “Livros físicos X E-readers será?”

  1. Poxa, caiu como uma luva esta postagem. Estou ponderando a respeito de comprar meu e-reader…
    Não tenho o hábito de ler livros de história, mas muito sobre religião, esoterismo, filosofia, até autoajuda… E material escolar!
    Acho que, para estes fins, de estudo, vai me compensar muito mais um e-reader, para que eu consiga estudar em qualquer lugar sem pesar nos ombros ou ocupar muito espaço na mochila.

    Mas não dispenso o bom e impresso livro para ler (quando tenho tempo) histórias por lazer! Haha

    Obrigado pela dica 🙂

Deixe seu comentário